Skip to main content

Construir valor de marca envolve várias etapas dentro de uma estratégia de longo prazo e tem como regra o desempenho e o êxito da anterior. Segundo o CBBE (Client Base Brand Equity), existem quatro etapas para o alcance de certos objetivos com os consumidores atuais e potenciais.

Essas etapas são:

  1. Identificação da marca. Quem ela é? – PROEMINÊNCIA
  2. Significado da marca. O que ela é? – DESEMPENHO E IMAGEM
  3. Resposta à marca. O que pensa ou sente sobre ela? – JULGAMENTO E SENTIMENTO
  4. Relação com a marca. Que tipo de relação exista com a marca? – RESSONÂNCIA

Lembrando que aqui neste artigo temos apenas uma introdução sobre o assunto e no final deixarei a referência bibliográfica que detalha cada ponto citado. Espero que consiga resumir ao ponto de chegarem ao entendimento, claro!

Começamos então pela identificação da marca, a proeminência e isso refere-se a aspectos de lembrança e com que frequência e facilidade ela é evocada em vários pontos de contato ou circunstâncias, por exemplo, dentro do seu mercado ela é facilmente reconhecida? Para chegar lá é preciso aplicar duas estratégias de construção, a amplitude e a profundidade.

Na profundidade o objetivo é aumentar a lembrança da marca na mente do consumidor e facilitar esse processo.

Quanto mais facilmente lembrada significa maior profundidade do que somente reconhecida. Por exemplo, quando está com sede, que marca vem à cabeça?

E na amplitude é a gama de situações de compra e utilização que a marca responde. Esses processos dependem de dezenas de ações estratégicas de negócio, marketing e comunicação, mas todos essas ações são feitas de acordo com o mercado que abrange. Um restaurante de um bairro pode definir sua área de atuação e construir a base da sua proeminência naquele espaço.

Seguindo temos o desempenho e imagem, quanto ao primeiro o produto ou serviço é a principal influência sobre a experiência do consumidor. Construir um que satisfaça completamente as necessidades e desejos da sua audiência é fundamental para o sucesso. Os atributos de desempenho podem ser categorizados em cinco tipos específicos:

  1. Componentes primários e características complementares.
  2. Confiabilidade, durabilidade e disponibilidade do serviço (suporte/assistência técnica)
  3. Efetividade, eficiência e empatia de serviço.
  4. Estilo e design.
  5. Preço.

Quanto a imagem da marca são as propriedades do produto ou serviço e como eles pretendem atender às necessidades psicológicas e sociais do consumidor e como as pessoas pensam na marca abstratamente e não o que pensam o que a marca realmente faz. A construção depende de representações criadas por meio da propaganda ou por alguma outra fonte de informação, como o boca-a-boca por exemplo. Existem muitas representações, mas quatro categorias merecem destaque:

  1. Perfis de consumidor e usuário.
  2. Situações de compra e consumo.
  3. Personalidade e valores.
  4. História, legado e experiências.

Quando falamos de julgamento e sentimento fazemos referência a opiniões e avaliações do consumidor sobre a marca e quais são as respostas e reações emocionais em relação a ela. Em julgamento são analisados a qualidade, credibilidade, considerações e superioridade e em sentimentos temos a ternura, diversão, entusiasmo, segurança, aprovação social e autoestima. Os três primeiros sentimentos são experienciais e imediatos e os três últimos são íntimos e duradouros.

E por último e tão sonhado pelas marcas, pequenas ou grandes, é a ressonância, ou seja, o envolvimento, engajamento e vínculo com o consumidor. Aqui podemos dividir em quatro categorias:

  1. Fidelidade comportamental.
  2. Ligação de atitude.
  3. Senso de comunidade.
  4. Adesão ativa.

Cada item citado merece um artigo para que fique mais claro e mostre com maior fidelidade a complexidade e compreensão desses assuntos. Para deixar mais visual os elementos acima deixo abaixo a pirâmide de construção de Brand Equity e fidelidade construída por Kevin Lane Keller.

Lembrando que o sucesso desta estratégia depende da construção e êxito de todas as etapas, começando por proeminência, depois desempenho e imagem, em seguida sentimento e julgamento e por último ressonância.

Gente, obrigado por chegar até aqui!

Quer saber mais sobre BRANDING? Fale conosco!

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]